Nossa Sede

Avenida Genésia B. Tarantino, 115 - Jardim Paulista - São José dos Campos/SP - Fone: 12 3302-5996


  • Participação nos Lucros

    Acompanhe as últimas informações sobre a PLR

  • Edição 86 #

    lEIA O JORNAL CORREIO DO TRABALHADOR

  • Demissão Irregular #

    Carteiro é reintegrado em Ubatuba

  • Lucro só aumenta:

    E a PLR?

  • terça-feira, 16 de dezembro de 2014




    Companheiros,

    Em relação à PLR individual, orientamos pela rejeição por tudo o que já foi debatido nas assembleias, boletins e informativos. Rejeitar esta proposta da empresa é questão de dignidade!
    Porém, se algum trabalhador insistir em assinar, a orientação é de que coloque esta ressalva que foi proposta pelos companheiros do sindicato de Santa Catarina. 

    A ECT provou que só estava interessada em punir aqueles que não assinaram o cheque em branco a favor deles. Já existe uma ação judicial pela isonomia. Não existe PLR individual. Por isso nós do Sintect-VP orientamos para que não assinem este termo de adesão. 
    Aos trabalhadores que optarem por não aguardar a decisão judicial, lembramos que deverão entregar o termo constando a seguinte ressalva:

    Veja a ressalva:

    "Adesão somente para efeito do pagamento referente a 2013, sem a aceitação dos critérios para 2014 e 2015."

    E para quem não pôde comparecer às assembleias, preparamos um vídeo com alguns trechos do debate. É muito importante que assistam para ajudar na compreensão deste tema.
    segue o link para o vídeo: 
    https://www.youtube.com/watch?v=GAtn4e72zRA&feature=youtu.be

    Att,
    Marcílio Alves de Medeiros - Presidente do Sintect-VP



    Trabalhadores do Vale já rejeitaram proposta de PLR. Veja ressalva para quem quiser assinar individualmente

    Postado As:  09:47  |  Em:    |  Mais informações »




    Companheiros,

    Em relação à PLR individual, orientamos pela rejeição por tudo o que já foi debatido nas assembleias, boletins e informativos. Rejeitar esta proposta da empresa é questão de dignidade!
    Porém, se algum trabalhador insistir em assinar, a orientação é de que coloque esta ressalva que foi proposta pelos companheiros do sindicato de Santa Catarina. 

    A ECT provou que só estava interessada em punir aqueles que não assinaram o cheque em branco a favor deles. Já existe uma ação judicial pela isonomia. Não existe PLR individual. Por isso nós do Sintect-VP orientamos para que não assinem este termo de adesão. 
    Aos trabalhadores que optarem por não aguardar a decisão judicial, lembramos que deverão entregar o termo constando a seguinte ressalva:

    Veja a ressalva:

    "Adesão somente para efeito do pagamento referente a 2013, sem a aceitação dos critérios para 2014 e 2015."

    E para quem não pôde comparecer às assembleias, preparamos um vídeo com alguns trechos do debate. É muito importante que assistam para ajudar na compreensão deste tema.
    segue o link para o vídeo: 
    https://www.youtube.com/watch?v=GAtn4e72zRA&feature=youtu.be

    Att,
    Marcílio Alves de Medeiros - Presidente do Sintect-VP



    sexta-feira, 12 de dezembro de 2014


    Trabalhadores guerreiros do CEE/CTE São José realizaram paralisação vitoriosa!

    Nossa categoria já demonstrou que tem muito fôlego e disposição para a luta, por isto estamos fechando o ano com chave de ouro. Um ano de muitas batalhas e ataques de todos os lados, tanto do governo quanto da empresa. E mesmo assim, os guerreiros não se abateram e seguem nas lutas!

    Conforme votado na assembleia do dia 4 de dezembro, cada setor tem autonomia de decidir sobre as melhores formas de mobilização neste dia de lutas.

    Em São José, o CEE/CTE atrasou a saída do Sedex e atrasou o trabalho durante boa parte da manhã, contando com mais de 90% dos funcionários na assembleia que ocorreu em frente à unidade. Destaque também para o CDD Satélite que votou greve de 24h paralisando por completo o setor.

    Vale do Paraíba
    Em muitas cidades do Vale, os trabalhadores votaram sobre como seriam as mobilizações. Setores tradicionalmente de lutas estão paralisados como no CDD Independência e no CDD Pindamonhangaba.

    Com esta demonstração de revolta dos trabalhadores, toda a direção dos Correios já está ciente de que em 2015 não nos calaremos e que apesar dos ataques, nossa categoria fecha o ano com muita disposição de luta e trabalhando pela união de todos os trabalhadores ecetistas!

    Avante guerreiros de luta!

    Dia de lutas: Paralisações acontecem nos setores! Cada unidade votou sobre suas paralisações, CEE/CTE São José fez paralisação vitoriosa pela manhã

    Postado As:  04:48  |  Em:    |  Mais informações »


    Trabalhadores guerreiros do CEE/CTE São José realizaram paralisação vitoriosa!

    Nossa categoria já demonstrou que tem muito fôlego e disposição para a luta, por isto estamos fechando o ano com chave de ouro. Um ano de muitas batalhas e ataques de todos os lados, tanto do governo quanto da empresa. E mesmo assim, os guerreiros não se abateram e seguem nas lutas!

    Conforme votado na assembleia do dia 4 de dezembro, cada setor tem autonomia de decidir sobre as melhores formas de mobilização neste dia de lutas.

    Em São José, o CEE/CTE atrasou a saída do Sedex e atrasou o trabalho durante boa parte da manhã, contando com mais de 90% dos funcionários na assembleia que ocorreu em frente à unidade. Destaque também para o CDD Satélite que votou greve de 24h paralisando por completo o setor.

    Vale do Paraíba
    Em muitas cidades do Vale, os trabalhadores votaram sobre como seriam as mobilizações. Setores tradicionalmente de lutas estão paralisados como no CDD Independência e no CDD Pindamonhangaba.

    Com esta demonstração de revolta dos trabalhadores, toda a direção dos Correios já está ciente de que em 2015 não nos calaremos e que apesar dos ataques, nossa categoria fecha o ano com muita disposição de luta e trabalhando pela união de todos os trabalhadores ecetistas!

    Avante guerreiros de luta!

    quarta-feira, 10 de dezembro de 2014


    Um trabalhador dos Correios foi assaltado durante entrega na zona leste de São José dos Campos.

    O crime foi a mão armada e o trabalhador teve que ser afastado por danos psicológicos.

    Este já é um problema corriqueiro entre os trabalhadores da ECT, que não possuem nenhuma segurança ao fazer as entregas. Saem com excesso de carga e em distritos grandes e desorganizados.

    Se o problema assusta os carteiros, nas agências a situação é ainda mais grave.

    Os atendentes exercem serviços de banco mas não possuem a segurança e os mesmos direitos que um bancário. As agências não tem portas giratórias com detector de metais, dentre outras medidas de segurança necessárias.


    Trabalhador dos Correios é assaltado na zona leste de São José. Falta de segurança preocupa a categoria.

    Postado As:  09:10  |  Em:    |  Mais informações »


    Um trabalhador dos Correios foi assaltado durante entrega na zona leste de São José dos Campos.

    O crime foi a mão armada e o trabalhador teve que ser afastado por danos psicológicos.

    Este já é um problema corriqueiro entre os trabalhadores da ECT, que não possuem nenhuma segurança ao fazer as entregas. Saem com excesso de carga e em distritos grandes e desorganizados.

    Se o problema assusta os carteiros, nas agências a situação é ainda mais grave.

    Os atendentes exercem serviços de banco mas não possuem a segurança e os mesmos direitos que um bancário. As agências não tem portas giratórias com detector de metais, dentre outras medidas de segurança necessárias.




    Na última assembleia do dia 6 de dezembro, os ecetistas votaram um dia de paralisação em toda região para protestar contra a proposta rebaixada de PLR e o atrelamento trianual que a empresa quer impor, contra o atraso nos salários deste fim de ano, contra as péssimas condições de trabalho que somos submetidos, pelas entregas matutinas e outras reivindicações específicas de cada setor.

    A assembleia rejeitou, mais uma vez, a proposta de PLR e o acordo trianual por ampla maioria, demonstrando que a vontade dos ecetistas realmente é lutar por seus direitos, preservando nossa dignidade.

    Os trabalhadores dos Correios não aguentam mais tantos ataques por parte da Empresa e governo e vão mostrar sua força neste dia para dar nosso recado.

    Vamos todos juntos fortalecer esta luta!

    Motivos temos de sobra para protestar contra a direção dos Correios!

    Divulguem nas redes sociais e vamos fazer desta luta um marco deste mês de dezembro!

    Ecetistas votam paralisação sexta-feira, dia 12, em todo Vale

    Postado As:  08:58  |  Em:    |  Mais informações »



    Na última assembleia do dia 6 de dezembro, os ecetistas votaram um dia de paralisação em toda região para protestar contra a proposta rebaixada de PLR e o atrelamento trianual que a empresa quer impor, contra o atraso nos salários deste fim de ano, contra as péssimas condições de trabalho que somos submetidos, pelas entregas matutinas e outras reivindicações específicas de cada setor.

    A assembleia rejeitou, mais uma vez, a proposta de PLR e o acordo trianual por ampla maioria, demonstrando que a vontade dos ecetistas realmente é lutar por seus direitos, preservando nossa dignidade.

    Os trabalhadores dos Correios não aguentam mais tantos ataques por parte da Empresa e governo e vão mostrar sua força neste dia para dar nosso recado.

    Vamos todos juntos fortalecer esta luta!

    Motivos temos de sobra para protestar contra a direção dos Correios!

    Divulguem nas redes sociais e vamos fazer desta luta um marco deste mês de dezembro!

    terça-feira, 9 de dezembro de 2014

    Após muita luta dos trabalhadores dos Correios e do Sintect-VP, em reunião realizada hoje, dia 09 de dezembro, no Fórum Trabalhista de S.J.Campos, com a presença do Juiz da 1ª Vara, com os representantes da Caixa Econômica Federal, os advogados(as) e representantes dos SINTECT´s CAS e VP, ficou estabelecido que os pagamentos referentes aos valores incontroversos depositados em conta judicial pela ECT, serão liberados para pagamento aos ecetistas que constam na listagem apresentada pelos Correios.

    Ficou definido também que os valores devidos a cada trabalhador serão liberados através da Caixa Econômica Federal, em conta particular, conforme é de praxe na Justiça. 

    O valor poderá ser transferido para uma conta indicada pelo trabalhador, em qualquer banco, ou se preferir, poderá abrir uma conta poupança na CEF.

    Para qualquer uma dessas opções, o ecetista deverá encaminhar ao Sindicato os dados e documentação.

    Logo que o Juiz da 1ª Vara de SJC liberar os valores, que se dará antes do Natal, o Sintect-VP imediatamente iniciará o recolhimento dos dados necessários para efetuar os pagamentos o quanto antes.

    Por medida de segurança, os nomes dos trabalhadores contemplados não serão divulgados na internet ou boletins do sindicato.

    Para consultar quem consta na listagem dessa primeira etapa, você deverá entrar em contato diretamente com o Sintect-VP pelos telefone 12 3302-5996 ou, de preferência, ir pessoalmente na sede da entidade, que fica na Av. Genésia B. Tarantino,  115 - Jardim Paulista - São José dos Campos/SP.

    Os valores serão informados somente ao próprio trabalhador beneficiado ou representante legal, à medida que o sindicato for efetuando o cronograma de pagamento. 
    Haverá um cronograma de pagamento e todos serão informados. 

    Aguardem convocação! 
    Orientamos que cada trabalhador que esteja relacionado na listagem, tenha em mãos o número do CPF, nome do banco, agência e número de Conta Corrente ou poupança para informar ao Sintect-VP e agilizar o processo.

    Após atingirmos esta primeira vitória, vamos seguir firmes para conquistarmos a incorporação dos STEP´s e o pagamento de mais uma parcela de retroativos.
    "Foi uma dura e longa batalha, tanto dos trabalhadores de luta, quanto do jurídico do Sintect-VP que também está de parabéns por mais essa atuação. Dessa maneira reiteramos que toda pressão exercida pelos bravos guerreiros fez a diferença.
    Só a luta muda a vida!"

    Marcílio Alves de Medeiros, presidente Sintect-VP


    Notícia urgente sobre o PCCS 95: Valores depositados serão liberados antes do Natal - Vitória!

    Postado As:  16:42  |  Em:    |  Mais informações »

    Após muita luta dos trabalhadores dos Correios e do Sintect-VP, em reunião realizada hoje, dia 09 de dezembro, no Fórum Trabalhista de S.J.Campos, com a presença do Juiz da 1ª Vara, com os representantes da Caixa Econômica Federal, os advogados(as) e representantes dos SINTECT´s CAS e VP, ficou estabelecido que os pagamentos referentes aos valores incontroversos depositados em conta judicial pela ECT, serão liberados para pagamento aos ecetistas que constam na listagem apresentada pelos Correios.

    Ficou definido também que os valores devidos a cada trabalhador serão liberados através da Caixa Econômica Federal, em conta particular, conforme é de praxe na Justiça. 

    O valor poderá ser transferido para uma conta indicada pelo trabalhador, em qualquer banco, ou se preferir, poderá abrir uma conta poupança na CEF.

    Para qualquer uma dessas opções, o ecetista deverá encaminhar ao Sindicato os dados e documentação.

    Logo que o Juiz da 1ª Vara de SJC liberar os valores, que se dará antes do Natal, o Sintect-VP imediatamente iniciará o recolhimento dos dados necessários para efetuar os pagamentos o quanto antes.

    Por medida de segurança, os nomes dos trabalhadores contemplados não serão divulgados na internet ou boletins do sindicato.

    Para consultar quem consta na listagem dessa primeira etapa, você deverá entrar em contato diretamente com o Sintect-VP pelos telefone 12 3302-5996 ou, de preferência, ir pessoalmente na sede da entidade, que fica na Av. Genésia B. Tarantino,  115 - Jardim Paulista - São José dos Campos/SP.

    Os valores serão informados somente ao próprio trabalhador beneficiado ou representante legal, à medida que o sindicato for efetuando o cronograma de pagamento. 
    Haverá um cronograma de pagamento e todos serão informados. 

    Aguardem convocação! 
    Orientamos que cada trabalhador que esteja relacionado na listagem, tenha em mãos o número do CPF, nome do banco, agência e número de Conta Corrente ou poupança para informar ao Sintect-VP e agilizar o processo.

    Após atingirmos esta primeira vitória, vamos seguir firmes para conquistarmos a incorporação dos STEP´s e o pagamento de mais uma parcela de retroativos.
    "Foi uma dura e longa batalha, tanto dos trabalhadores de luta, quanto do jurídico do Sintect-VP que também está de parabéns por mais essa atuação. Dessa maneira reiteramos que toda pressão exercida pelos bravos guerreiros fez a diferença.
    Só a luta muda a vida!"

    Marcílio Alves de Medeiros, presidente Sintect-VP






    Os trabalhadores do CDD Taubaté tiveram que se submeter a realização de exames de sangue em ambiente totalmente insalubre e o Sintect-Vp acionou imediatamente a vigilância sanitária para denunciar o caso.

    O risco de contaminação dos ecetistas ao realizarem exames periódicos nestas condições é muito grave.

    A orientação da medicina do trabalho é de que tais exames sejam realizados em locais que ofereçam total segurança à saúde dos trabalhadores, sem exposição e risco de contaminações.

    “É preciso zelar pela saúde dos trabalhadores e não expor os ecetistas à condições de risco. Os exames são necessários, porém, da forma com que foram realizados no CDD Taubaté pode gerar complicações no organismo por contaminações diversas.”, declarou o diretor do Sintect-VP, Carlos Alberto Alves.

    O sindicato fez a denúncia e ressaltamos o descaso com que a direção dos Correios trata a saúde dos trabalhadores. Primeiro a ECT privatiza o nosso plano de saúde e desde então a situação só piora!


    chegamos a conclusão de que esta é apenas mais uma demostração de que a Postal Saúde só está comprometida com o lucro e não com a vida dos trabalhadores.

    A todo momento hospitais e médicos se descredenciam da Caixa de Assistência médica e o plano fica ainda pior.

    Fazemos um chamado à luta pois esta batalha ainda não está perdida!

    Com saúde não se brinca, é um direito e deve ser tratada de maneira séria!


    Denúncia: ECT trata com descaso a saúde do trabalhador! Exames são realizados em local insalubre

    Postado As:  09:36  |  Em:    |  Mais informações »





    Os trabalhadores do CDD Taubaté tiveram que se submeter a realização de exames de sangue em ambiente totalmente insalubre e o Sintect-Vp acionou imediatamente a vigilância sanitária para denunciar o caso.

    O risco de contaminação dos ecetistas ao realizarem exames periódicos nestas condições é muito grave.

    A orientação da medicina do trabalho é de que tais exames sejam realizados em locais que ofereçam total segurança à saúde dos trabalhadores, sem exposição e risco de contaminações.

    “É preciso zelar pela saúde dos trabalhadores e não expor os ecetistas à condições de risco. Os exames são necessários, porém, da forma com que foram realizados no CDD Taubaté pode gerar complicações no organismo por contaminações diversas.”, declarou o diretor do Sintect-VP, Carlos Alberto Alves.

    O sindicato fez a denúncia e ressaltamos o descaso com que a direção dos Correios trata a saúde dos trabalhadores. Primeiro a ECT privatiza o nosso plano de saúde e desde então a situação só piora!


    chegamos a conclusão de que esta é apenas mais uma demostração de que a Postal Saúde só está comprometida com o lucro e não com a vida dos trabalhadores.

    A todo momento hospitais e médicos se descredenciam da Caixa de Assistência médica e o plano fica ainda pior.

    Fazemos um chamado à luta pois esta batalha ainda não está perdida!

    Com saúde não se brinca, é um direito e deve ser tratada de maneira séria!


    quarta-feira, 3 de dezembro de 2014



    O Sintect-VP iniciou uma grande campanha contra o Assédio Moral na empresa.
    No próximo sábado, dia 6, realizaremos um seminário com o objetivo de fomentar o debate sobre o assédio moral no trabalho, informando os ecetistas sobre como identificar essa prática, denunciá-la e combatê-la. As ações fazem parte do lançamento da campanha contra o assédio moral, idealizada pelo sindicato após receber várias denúncias de práticas assediadoras na região do Vale do Paraíba, Vale histórico e Litoral Norte.
    Para realização da campanha, o sindicato conta com apoio da Central Sindical e Popular CSP-Conlutas.
    Para esclarecer dúvidas e informar sobre como identificar essas práticas, o sindicato elaborou uma cartilha, ilustrando as diversas formas que o assédio moral contagia todos os setores da ECt, desde os carteiros, atendentes e OTT´s.
    No material, o ecetista encontra também jurisprudências (interpretações das leis feitas pelos tribunais) e aprende a identificar situações de  assédio moral no serviço público.
    Com a campanha, o Sintect-VP espera despertar a participação dos ecetistas, para que procurem os seus direitos e busquem a união entre seus colegas para fortalecer a categoria. O assédio moral desmotiva e adoece, podendo levá-los a casos clínicos graves. Não fique de braços cruzados, junte-se ao Sintect-VP e denuncie essa prática!

    Seminário:

    Sábado dia 6 de dezembro às 14h no salão do Sindicato dos Metalúrgicos de SJCampos, veja o cartaz:







    A cartilha também já está disponível em PDF através do link:
    http://issuu.com/mm.angelica/docs/cartilha_ass__dio_moral_sintect-vp_


    Sintect-VP lança campanha contra o Assédio Moral

    Postado As:  09:43  |  Em:    |  Mais informações »



    O Sintect-VP iniciou uma grande campanha contra o Assédio Moral na empresa.
    No próximo sábado, dia 6, realizaremos um seminário com o objetivo de fomentar o debate sobre o assédio moral no trabalho, informando os ecetistas sobre como identificar essa prática, denunciá-la e combatê-la. As ações fazem parte do lançamento da campanha contra o assédio moral, idealizada pelo sindicato após receber várias denúncias de práticas assediadoras na região do Vale do Paraíba, Vale histórico e Litoral Norte.
    Para realização da campanha, o sindicato conta com apoio da Central Sindical e Popular CSP-Conlutas.
    Para esclarecer dúvidas e informar sobre como identificar essas práticas, o sindicato elaborou uma cartilha, ilustrando as diversas formas que o assédio moral contagia todos os setores da ECt, desde os carteiros, atendentes e OTT´s.
    No material, o ecetista encontra também jurisprudências (interpretações das leis feitas pelos tribunais) e aprende a identificar situações de  assédio moral no serviço público.
    Com a campanha, o Sintect-VP espera despertar a participação dos ecetistas, para que procurem os seus direitos e busquem a união entre seus colegas para fortalecer a categoria. O assédio moral desmotiva e adoece, podendo levá-los a casos clínicos graves. Não fique de braços cruzados, junte-se ao Sintect-VP e denuncie essa prática!

    Seminário:

    Sábado dia 6 de dezembro às 14h no salão do Sindicato dos Metalúrgicos de SJCampos, veja o cartaz:







    A cartilha também já está disponível em PDF através do link:
    http://issuu.com/mm.angelica/docs/cartilha_ass__dio_moral_sintect-vp_


    Parcerias-Ajuda-Contato
    Copyright © 2013 Traduzido Por: Template Para Blogspot by BloggerTheme9
    Proudly Powered by Blogger.
    back to top