Nossa Sede

Avenida Genésia B. Tarantino, 115 - Jardim Paulista - São José dos Campos/SP - Fone: 12 3302-5996


  • Grande Vitória!

    Trem da Alegria começa a ser pago aos trabalhadores!

  • Edição 86 #

    lEIA O JORNAL CORREIO DO TRABALHADOR

  • Demissão Irregular #

    Carteiro é reintegrado em Ubatuba

  • Lucro só aumenta:

    E a PLR?

  • quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

    Comunicado sobre o SGDO:


    Vários trabalhadores do Vale do Paraíba estão entrando em contato com o Sindicato para denunciar e tirar dúvidas sobre o SGDO, já que a empresa nunca deu os devidos esclarecimentos.
    A finalidade do SGDO seria para controle e registro de saída e retorno das cargas para atividade externa, mas da forma como estão colocando, a empresa está impondo um "cartão de ponto eletrônico" como alternativa para assediar os trabalhadores.  
    Em nenhum momento a mudança foi comunicada ao Sindicato nem aos ecetistas. 
    O Sintect-VP orienta os trabalhadores para não fazerem o registro de ponto pelo SGDO! Isto, acima de tudo, é uma ilegalidade! 
    E se a Empresa tomar alguma medida por este motivo, também vamos acionar as medidas legais sobre esta situação.
    A Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) outorgou as empresas como opção do registro de ponto podendo ser: a) Manual; b) Mecânico e c) Eletrônico. Porém, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), na Portaria nº 373 de 25-02-2011, e publicado no D.O.U.: 28-02-2011, dispõe sobre a possibilidade de adoção pelos empregadores de sistemas alternativos de controle de jornada de trabalho em seu Art. 1º.
    “Os empregadores poderão adotar sistemas alternativos de controle de jornada de trabalho, desde que autorizados por Convenção ou Acordo Coletivo de Trabalho".

    Essa prática já vem ocorrendo em Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Santa Catarina e aos poucos em todo Brasil, a posição dos sindicatos ligados à FENTECT é contrária a qualquer tipo de imposição vinda da ECT.

    O trabalhador que sofrer punição por se recusar a fazer o registro de sua chegada a unidade no SGDO deverá fazer um Boletim de Ocorrência contra o gestor da Unidade e enviar uma copia para o Sindicato.

    Qualquer dúvida entrar em contato seu Delgado Sindical ou diretor do Sintect-VP

    Cuidado: SGDO não é cartão de ponto!

    Postado As:  08:43  |  Em:    |  Mais informações »

    Comunicado sobre o SGDO:


    Vários trabalhadores do Vale do Paraíba estão entrando em contato com o Sindicato para denunciar e tirar dúvidas sobre o SGDO, já que a empresa nunca deu os devidos esclarecimentos.
    A finalidade do SGDO seria para controle e registro de saída e retorno das cargas para atividade externa, mas da forma como estão colocando, a empresa está impondo um "cartão de ponto eletrônico" como alternativa para assediar os trabalhadores.  
    Em nenhum momento a mudança foi comunicada ao Sindicato nem aos ecetistas. 
    O Sintect-VP orienta os trabalhadores para não fazerem o registro de ponto pelo SGDO! Isto, acima de tudo, é uma ilegalidade! 
    E se a Empresa tomar alguma medida por este motivo, também vamos acionar as medidas legais sobre esta situação.
    A Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) outorgou as empresas como opção do registro de ponto podendo ser: a) Manual; b) Mecânico e c) Eletrônico. Porém, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), na Portaria nº 373 de 25-02-2011, e publicado no D.O.U.: 28-02-2011, dispõe sobre a possibilidade de adoção pelos empregadores de sistemas alternativos de controle de jornada de trabalho em seu Art. 1º.
    “Os empregadores poderão adotar sistemas alternativos de controle de jornada de trabalho, desde que autorizados por Convenção ou Acordo Coletivo de Trabalho".

    Essa prática já vem ocorrendo em Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Santa Catarina e aos poucos em todo Brasil, a posição dos sindicatos ligados à FENTECT é contrária a qualquer tipo de imposição vinda da ECT.

    O trabalhador que sofrer punição por se recusar a fazer o registro de sua chegada a unidade no SGDO deverá fazer um Boletim de Ocorrência contra o gestor da Unidade e enviar uma copia para o Sindicato.

    Qualquer dúvida entrar em contato seu Delgado Sindical ou diretor do Sintect-VP

    segunda-feira, 25 de janeiro de 2016




    No dia 25 de fevereiro é celebrado o Dia do Carteiro, profissionais guerreiros e símbolos da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. Mas nesta segunda-feira, também se comemoram os 353 anos de serviço postal no Brasil.
    Há alguns anos a empresa vem sofrendo com o sucateamento e ataques para abrir o caminho para sua total privatização. A população se prejudica com a decadência dos serviços mas quem mais sofre ainda são os trabalhadores.
    O novo presidente dos Correios, Giovanni Queiroz, já iniciou o mandato querendo cortar benefícios e dificultar ainda mais a vida da ECT. Estão fazendo um clima de terrorismo dizendo que a empresa tem um déficit, mesmo quando apresenta lucros e ostenta campanhas de publicidade e patrocínios. Este tal déficit serve mesmo é para conter os trabalhadores e desmobilizar as lutas.
    Hoje, por exemplo, já era uma tradição a empresa ceder uma verba para o dia do carteiro, mas até isto foi cortado.
    Atualmente, os carteiros representam mais de 50% do efetivo total da empresa: são mais de 60 mil profissionais dedicados e que, junto com os atendentes, os OTT´s e todos que trabalham nos Correios, carregam a empresa nas costas e não são valorizados. Somente os carteiros entregam mais de 8 bilhões de cartas e encomendas por ano!
    Infelizmente os carteiros não tem muito o que comemorar, mas mesmo assim não deixam de estampar um sorriso no rosto e de reafirmar a união desta categoria. Em várias unidades do Vale, os próprios trabalhadores fizeram um rateio e compraram um café comunitário para esta data. O Sintect-VP também promoveu ontem, dia 24, uma grande festa para toda a categoria e que também lembrou a data especial dos carteiros. Se a empresa nada faz pelos seus funcionários, os próprios trabalhadores organizam suas festas!
    Carteiro, parabéns pelo seu dia. Feliz dia dos carteiros!

    No Dia do Carteiro, ECT também faz 353 anos mas novo presidente comemora fazendo cortes

    Postado As:  07:47  |  Em:    |  Mais informações »




    No dia 25 de fevereiro é celebrado o Dia do Carteiro, profissionais guerreiros e símbolos da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. Mas nesta segunda-feira, também se comemoram os 353 anos de serviço postal no Brasil.
    Há alguns anos a empresa vem sofrendo com o sucateamento e ataques para abrir o caminho para sua total privatização. A população se prejudica com a decadência dos serviços mas quem mais sofre ainda são os trabalhadores.
    O novo presidente dos Correios, Giovanni Queiroz, já iniciou o mandato querendo cortar benefícios e dificultar ainda mais a vida da ECT. Estão fazendo um clima de terrorismo dizendo que a empresa tem um déficit, mesmo quando apresenta lucros e ostenta campanhas de publicidade e patrocínios. Este tal déficit serve mesmo é para conter os trabalhadores e desmobilizar as lutas.
    Hoje, por exemplo, já era uma tradição a empresa ceder uma verba para o dia do carteiro, mas até isto foi cortado.
    Atualmente, os carteiros representam mais de 50% do efetivo total da empresa: são mais de 60 mil profissionais dedicados e que, junto com os atendentes, os OTT´s e todos que trabalham nos Correios, carregam a empresa nas costas e não são valorizados. Somente os carteiros entregam mais de 8 bilhões de cartas e encomendas por ano!
    Infelizmente os carteiros não tem muito o que comemorar, mas mesmo assim não deixam de estampar um sorriso no rosto e de reafirmar a união desta categoria. Em várias unidades do Vale, os próprios trabalhadores fizeram um rateio e compraram um café comunitário para esta data. O Sintect-VP também promoveu ontem, dia 24, uma grande festa para toda a categoria e que também lembrou a data especial dos carteiros. Se a empresa nada faz pelos seus funcionários, os próprios trabalhadores organizam suas festas!
    Carteiro, parabéns pelo seu dia. Feliz dia dos carteiros!

    quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

    A diversão vai rolar neste domingo, dia 24, no Primeiro Festival de Prêmios dos Trabalhadores da Empresas de Correios e Telégrafos, promovido pelo sindicato da categoria, o Sintect-VP. A festa acontece na sede dos Vicentinos - Rua Ana Gonçalves da Cunha, 351, em frente ao Estádio Martins Pereira, a partir do meio dia. 
    Além de se divertir, o ecetista vai concorrer a prêmios, incluindo uma moto OKM.
    Participam do sorteio os sócios que autorizaram o desconto assistencial de 2015.

    Atrações
    Haverá atrações para toda família. No palco, música ao vivo de todos os ritmos e na área externa, a criançada vai se divertir nos brinquedos infláveis com monitores.

    “Queremos ver os ecetistas e seus familiares se divertindo muito e se confraternizando com os companheiros. Esta festa é para os sócios e para quem autorizou o desconto assistencial de 2015, convida a diretora do Sindicato, Raquel Paula.

    Informações:
    Taubaté: 12 98270-7010 - Anderson Andrade
    Jacareí: 12 98840-8295 - André Nogueira
    São José dos Campos: 12 - 95104-8916 - Raquel Paula
    Dep. Comunicação - 12 3302-5996 - Everton Souza
    12 98813-8843 - Angélica de Paula

    Neste domingo, a diversão vai rolar no Primeiro Festival dos Ecetistas

    Postado As:  10:40  |  Em:    |  Mais informações »

    A diversão vai rolar neste domingo, dia 24, no Primeiro Festival de Prêmios dos Trabalhadores da Empresas de Correios e Telégrafos, promovido pelo sindicato da categoria, o Sintect-VP. A festa acontece na sede dos Vicentinos - Rua Ana Gonçalves da Cunha, 351, em frente ao Estádio Martins Pereira, a partir do meio dia. 
    Além de se divertir, o ecetista vai concorrer a prêmios, incluindo uma moto OKM.
    Participam do sorteio os sócios que autorizaram o desconto assistencial de 2015.

    Atrações
    Haverá atrações para toda família. No palco, música ao vivo de todos os ritmos e na área externa, a criançada vai se divertir nos brinquedos infláveis com monitores.

    “Queremos ver os ecetistas e seus familiares se divertindo muito e se confraternizando com os companheiros. Esta festa é para os sócios e para quem autorizou o desconto assistencial de 2015, convida a diretora do Sindicato, Raquel Paula.

    Informações:
    Taubaté: 12 98270-7010 - Anderson Andrade
    Jacareí: 12 98840-8295 - André Nogueira
    São José dos Campos: 12 - 95104-8916 - Raquel Paula
    Dep. Comunicação - 12 3302-5996 - Everton Souza
    12 98813-8843 - Angélica de Paula

    terça-feira, 17 de novembro de 2015

    Dilma Sobrevoando a tragédia em Mariana-MG

    O que aconteceu?

    Na tarde de 5 de novembro, por volta das 15h, ocorreu uma tragédia na Mina do Germano, da Samarco. Empresa 50% pertencente a Vale do Rio Doce e 50% pertencentes às ações da BHP.
    Uma barragem de rejeito de lama tóxica, rompeu e as milhares de toneladas inundaram toda a região, matando a fauna, a flora e a esperança de muita gente.
    Horas antes do rompimento, segundo relato de trabalhadores, foram sentidos sinais de rachaduras graves e a empresa foi imediatamente informada. Porém, como no capitalismo só o lucro importa, a ordem foi para continuar trabalhando e produzindo.
    Esta barragem estava em funcionamento há mais de 20 anos, sem fiscalização do Estado e sem manutenção da empresa.

    Solidariedade,
    Nenhuma multa será capaz de sanar os danos causados por este crime ambiental.
    Nós do Sintect-VP, nos solidarizamos com todas as vítimas e estamos de luto junto com todo o Brasil.
    - Vamos cobrar de Dilma e Pimentel, uma punição severa aos responsáveis, ressarcimento às vítimas e suas famílias e a reconstrução do distrito de Bento Rodrigues que foi completamente destruído.
    E mesmo assim, nada será o suficiente para compensar este crime.
    Os sindicatos junto com os trabalhadores, devem organizar as lutas para que as empresas mudem esta postura de se extrair o lucro acima de tudo, trabalhando cada vez mais, em menos tempo e com menos pessoas. A busca desenfreada por lucro é o que causa acidentes, sejam eles de trabalho ou ambientais.
    O município está arrecadando água potável e cada um está fazendo sua parte, com doações e solidariedade, mas cadê a parte do governo e das empresas que causaram este desastre?
    Este é o único delito onde o principal acusado é quem cuida da cena do crime...
    O Sintect-VP defente e está ao lado de todas as lutas em defesa da classe trabalhadora. 

    Nota oficial de Solidariedade do Sintect-VP sobre a tragédia da mineração da Samarco.

    Postado As:  10:25  |  Em:    |  Mais informações »

    Dilma Sobrevoando a tragédia em Mariana-MG

    O que aconteceu?

    Na tarde de 5 de novembro, por volta das 15h, ocorreu uma tragédia na Mina do Germano, da Samarco. Empresa 50% pertencente a Vale do Rio Doce e 50% pertencentes às ações da BHP.
    Uma barragem de rejeito de lama tóxica, rompeu e as milhares de toneladas inundaram toda a região, matando a fauna, a flora e a esperança de muita gente.
    Horas antes do rompimento, segundo relato de trabalhadores, foram sentidos sinais de rachaduras graves e a empresa foi imediatamente informada. Porém, como no capitalismo só o lucro importa, a ordem foi para continuar trabalhando e produzindo.
    Esta barragem estava em funcionamento há mais de 20 anos, sem fiscalização do Estado e sem manutenção da empresa.

    Solidariedade,
    Nenhuma multa será capaz de sanar os danos causados por este crime ambiental.
    Nós do Sintect-VP, nos solidarizamos com todas as vítimas e estamos de luto junto com todo o Brasil.
    - Vamos cobrar de Dilma e Pimentel, uma punição severa aos responsáveis, ressarcimento às vítimas e suas famílias e a reconstrução do distrito de Bento Rodrigues que foi completamente destruído.
    E mesmo assim, nada será o suficiente para compensar este crime.
    Os sindicatos junto com os trabalhadores, devem organizar as lutas para que as empresas mudem esta postura de se extrair o lucro acima de tudo, trabalhando cada vez mais, em menos tempo e com menos pessoas. A busca desenfreada por lucro é o que causa acidentes, sejam eles de trabalho ou ambientais.
    O município está arrecadando água potável e cada um está fazendo sua parte, com doações e solidariedade, mas cadê a parte do governo e das empresas que causaram este desastre?
    Este é o único delito onde o principal acusado é quem cuida da cena do crime...
    O Sintect-VP defente e está ao lado de todas as lutas em defesa da classe trabalhadora. 

    segunda-feira, 9 de novembro de 2015

    Nesta terça-feira, dia 10, haverá um grande protesto em Jacareí, contra a taxa de iluminação pública criada pela prefeitura e Câmara da cidade. 

    O ato está sendo organizado pelo Fórum de Lutas do Vale do Paraíba, que é formado por sindicatos e movimentos sociais da região. A concentração será às 9h, na Praça Conde de Frontin, e o objetivo é seguir em passeata até a Praça dos Três Poderes.


    A manifestação vai exigir a revogação desta taxa abusiva, que irá cobrar de R$ 1 a R$ 4 mil de toda a população, até mesmo de moradores que não têm iluminação pública em suas ruas. Um verdadeiro absurdo!

    Além do fim desta tarifa, o ato também trará outras reivindicações, como respeito aos direitos dos servidores públicos municipais, saúde pública de qualidade e o fim da política do governo Alckmin (PSDB) de fechamento das escolas estaduais.

    Compõem o Fórum de Lutas, sindicatos e organizações, como o Sintect-VP, sindmetal, sind. químicos, da alimentação, servidores municipais de Jacareí, oposição de condutores, CSP-Conlutas, Unidos, PSTU e PSOL.

    Atenção Jacareí! Vamos todos protestar contra a taxa de iluminação criada pela Prefeitura (PT) e Câmara. É nesta Terça!

    Postado As:  23:49  |  Em:    |  Mais informações »

    Nesta terça-feira, dia 10, haverá um grande protesto em Jacareí, contra a taxa de iluminação pública criada pela prefeitura e Câmara da cidade. 

    O ato está sendo organizado pelo Fórum de Lutas do Vale do Paraíba, que é formado por sindicatos e movimentos sociais da região. A concentração será às 9h, na Praça Conde de Frontin, e o objetivo é seguir em passeata até a Praça dos Três Poderes.


    A manifestação vai exigir a revogação desta taxa abusiva, que irá cobrar de R$ 1 a R$ 4 mil de toda a população, até mesmo de moradores que não têm iluminação pública em suas ruas. Um verdadeiro absurdo!

    Além do fim desta tarifa, o ato também trará outras reivindicações, como respeito aos direitos dos servidores públicos municipais, saúde pública de qualidade e o fim da política do governo Alckmin (PSDB) de fechamento das escolas estaduais.

    Compõem o Fórum de Lutas, sindicatos e organizações, como o Sintect-VP, sindmetal, sind. químicos, da alimentação, servidores municipais de Jacareí, oposição de condutores, CSP-Conlutas, Unidos, PSTU e PSOL.

    quarta-feira, 28 de outubro de 2015


    Apesar da falta de funcionários em todo o país, a direção dos Correios anunciou nesta quarta-feira, dia 28 de outubro, às vésperas do Dia do Atendente, que irá implantar nas agências máquinas de autoatendimento. O modelo de totem já é utilizado em países onde o sistema postal foi privatizado, reduzindo funcionários para o atendimento, mas aumentando a demanda de trabalho interno com a implementação de novos serviços.

    Segundo a Agência Brasil de notícias, as agências dos Correios agora passarão a também emitir documentos como: quitação de dívidas, certidões públicas, passaportes e outros serviços públicos federais. 

    O anúncio de mais este ataque doi feito durante a Feira Futurecom 2015, em São Paulo, depois de assinatura de termo de compromisso com a Telebrás e com o Serpro - Serviço Federal de Processamento de Dados.

    Neste primeiro momento, o projeto será implantado em duas agências de Brasília. Os Correios têm cerca de 6,4 mil agências próprias no país, distribuídas em todo território nacional. Ainda não há definição das próximas cidades que vão participar do projeto.

     Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2015-10/correios-vao-prestar-servicos-do-governo-federal-aos-cidadaos

    Ao invés de mais contratações, ECT implantará máquinas de autoatendimento nas agências para novos serviços

    Postado As:  20:34  |  Em:    |  Mais informações »


    Apesar da falta de funcionários em todo o país, a direção dos Correios anunciou nesta quarta-feira, dia 28 de outubro, às vésperas do Dia do Atendente, que irá implantar nas agências máquinas de autoatendimento. O modelo de totem já é utilizado em países onde o sistema postal foi privatizado, reduzindo funcionários para o atendimento, mas aumentando a demanda de trabalho interno com a implementação de novos serviços.

    Segundo a Agência Brasil de notícias, as agências dos Correios agora passarão a também emitir documentos como: quitação de dívidas, certidões públicas, passaportes e outros serviços públicos federais. 

    O anúncio de mais este ataque doi feito durante a Feira Futurecom 2015, em São Paulo, depois de assinatura de termo de compromisso com a Telebrás e com o Serpro - Serviço Federal de Processamento de Dados.

    Neste primeiro momento, o projeto será implantado em duas agências de Brasília. Os Correios têm cerca de 6,4 mil agências próprias no país, distribuídas em todo território nacional. Ainda não há definição das próximas cidades que vão participar do projeto.

     Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2015-10/correios-vao-prestar-servicos-do-governo-federal-aos-cidadaos


    No dia 29 de outubro começam as aulas da Universidade Para os Trabalhadores e para o Povo. 

    O projeto é uma série de conferências que dará início a cursos gratuitos destinados a ampliar o acesso à Universidade pelos trabalhadores e pela juventude pobre. 

    A primeira conferência será sobre história: “O que aconteceu no século XX que deu no século XXI?” e será ministrada pelo professor de história Valério Arcary.  

    Este é um projeto dos professores da Universidade de São Paulo (USP) sob a coordenação do professor Boris Vargaftig com o apoio do Sindicato dos Metroviários de São Paulo.   

    Será oferecido certificado de participação, mediante inscrição prévia. Retire aqui sua ficha de inscrição ou cdastre-se pelo site: http://www.metroviarios.org.br/site/wp-content/uploads/2015/10/ficha_curso_universidade.pdf

    É uma oportunidade imperdível para os trabalhadores e o povo pobre obterem mais acesso à educação e conhecimento.
    Esta iniciativa tem como parceira a Central Sindical e Popular - Conlutas e tem como o objetivo contribuir para a melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de pobreza, em uma perspectiva de inclusão social.

    Inscreva-se na Universidade dos Trabalhadores Para o Povo! Todos tem direito ao conhecimento

    Postado As:  07:59  |  Em:    |  Mais informações »


    No dia 29 de outubro começam as aulas da Universidade Para os Trabalhadores e para o Povo. 

    O projeto é uma série de conferências que dará início a cursos gratuitos destinados a ampliar o acesso à Universidade pelos trabalhadores e pela juventude pobre. 

    A primeira conferência será sobre história: “O que aconteceu no século XX que deu no século XXI?” e será ministrada pelo professor de história Valério Arcary.  

    Este é um projeto dos professores da Universidade de São Paulo (USP) sob a coordenação do professor Boris Vargaftig com o apoio do Sindicato dos Metroviários de São Paulo.   

    Será oferecido certificado de participação, mediante inscrição prévia. Retire aqui sua ficha de inscrição ou cdastre-se pelo site: http://www.metroviarios.org.br/site/wp-content/uploads/2015/10/ficha_curso_universidade.pdf

    É uma oportunidade imperdível para os trabalhadores e o povo pobre obterem mais acesso à educação e conhecimento.
    Esta iniciativa tem como parceira a Central Sindical e Popular - Conlutas e tem como o objetivo contribuir para a melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de pobreza, em uma perspectiva de inclusão social.

    Parcerias-Ajuda-Contato
    Copyright © 2013 Traduzido Por: Template Para Blogspot by BloggerTheme9
    Proudly Powered by Blogger.
    back to top